Exercícios

Descubra os Maleficios do Alongamento Corporal Mal Feito [5 Dicas Para Não Errar]

Os Malefícios do Alongamento Corporal Mal Feito Estão Prejudicando a Sua Saúde?

Os maleficios do alongamento corporal mal feito… Sem o auxílio de um profissional podem ser drásticos!

Em homenagem ao Dia do Profissional de Educação Física, comemorado na última sexta-feira (1), o blog Teu Corpo Fit resolveu ir atrás de algumas questões que estão sempre na mente daqueles que treinam: alongar ou não alongar? Qual o momento certo de alongar? Deve ser antes ou depois do treino?

Alongar significa flexibilizar os músculos com atividades moderadas. Alguns educadores físicos e ortopedistas acreditam que é preciso se alongar antes e depois de qualquer atividade física, seja ela aeróbica – como uma caminhada – ou anaeróbica – musculação, por exemplo – mas muitos outros profissionais discordam desta tese.

Os que discordam alegam que o alongamento pode sim fazer com que sejamos pessoas mais flexíveis e com musculaturas fortes e resistentes desde que os movimentos sejam feitos de maneira correta e no momento certo como no pilates, por exemplo.

Quem possui problemas físicos como osteoporose ou hérnia de disco, por exemplo, deve consultar o médico e, caso seja liberado para praticar alguma atividade física, deve ter o acompanhamento de um personal trainer, principalmente se você for iniciante na academia, pois ainda não conhece os movimentos corretos a serem feitos.

No geral, alongar sem agressividade, ou seja, com movimentos suaves e prolongados, como forma de aquecimento, antes e depois do treino é permitido. Porém, um alongamento corporal mal feito pode ter graves consequências para a sua saúde…

maleficios do alongamento

Os Maleficios do Alongamento Mal Feito

Após muita pesquisa, foi possível descobrir que as pessoas que possuem grande facilidade em alongar sofrem de síndrome da hipermobilidade benigna. É a síndrome caracterizada pela mobilidade excessiva da musculatura.

Você já deve ter visto um espetáculo incrível com contorcionistas como no Cirque Du Soleil e deve ter achado fascinante, não é mesmo!? E realmente é!

Levar os movimentos do corpo ao extremo é ao mesmo tempo, bonito e desafiador. Mas se serve de consolo, não é preciso ter “inveja”, pois a hipermobilidade é resultado de um defeito genético nos tecidos conjuntivos, como tendões, músculos e membranas que envolvem as articulações.

Contudo, quem não nasceu com essa síndrome mas, de alguma forma, pratica o alongamento de forma errada ou em excesso achando que será benéfico para a saúde também pode sofrer lesões. Como resultado, aumentam as chances de desenvolver complicações como:

  • Entorses
  • Rompimento de ligamentos
  • Tendinites
  • Bursites
  • Incontinência urinária
  • Alterações posturais
  • Dor (principalmente ciática)
  • Crepitação articular (barulho nas articulações)

O tratamento, tanto para quem possui a síndrome quanto para quem extrapolou com os alongamentos, requer fisioterapia regular. Caso não seja tratado, pode causar deficiência física irreversível ao longo do tempo.

Por isso, o ideal é sempre se alongar com a supervisão de um profissional ou, se você já tem conhecimento avançado como algumas pessoas que já praticam atividade física há algum tempo, é preciso ter bastante atenção e concentração no que se está fazendo para não se machucar.

Atividades que podem ajudar os iniciantes é a yoga com diversos benefícios para a saúde do corpo e da mente além de prevenir dores ciáticas e dores nas costas.

Mas Então…Como Fazer Alongamento de Forma Correta?

Confira essas 5 dicas de como se alongar de forma correta para que você não sofra mais com os maleficios do alongamento mal feito. Vamos lá:

Dica 1: Alongue antes de ir dormir

Com movimentos lentos e suaves, o corpo tende a relaxar e ter uma noite de sono de qualidade.

Dica 2: Alongue assim que acordar

O seu corpo passou muitas horas repousando, geralmente, na mesma posição. É preciso alongar as áreas que “encurtaram” durante o sono para que você comece o dia com mais flexibilidade e mobilidade.

Dica 3: Comece pelos músculos primários

Comece alongando a base do corpo: costas, peitoral, coxas e glúteos. Depois os músculos secundários, como por exemplo as mãos, os dedos, os braços.

Dica 4: Atenção com a respiração

Você deve prestar atenção na respiração enquanto alonga. Levar oxigenação para todo o corpo durante este processo é fundamental. É preciso inspirar fundo pelas narinas segundos antes de iniciar o alongamento e ir soltando aos poucos enquanto faz o alongamento.

Dica 5: Alongue duas vezes ao dia

O ideal é alongar duas vezes ao dia. Ao acordar e antes de dormir. Algumas pessoas preferem alongar logo após saírem do trabalho do que antes de ir dormir, geralmente pessoas que passam muitas horas sentadas. Tudo bem também.

Lembre-se sempre que a alimentação também contribui para a melhora de toso os órgãos do nosso corpo, inclusive a musculatura. Por isso é importante manter uma alimentação rica em fibras.

Além disso, o acompanhamento de um profissional é muito importante! Afinal de contas, ele estudou para te atender e orientar da melhor forma possível, de acordo com sua rotina, dores, enfim…o seu estilo de vida, para que você não sofra mais com os maleficios do alongamento.

Como se Alongar Corretamente (VÍDEO)

Alongamento Antes e Depois de Dormir

Como Alongar Antes de Correr?

Para Ficar Fina Igual a Tata:

Você Também Vai Gostar De:

Descubra os Maleficios do Alongamento Corporal Mal Feito [5 Dicas Para Não Errar]
2.8 (56.36%) 11 votes

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.