Dicas de Dieta

5 Passos Da Dieta Anticortisol

Você já percebeu que a balança sobe de vez em quando, apesar de não ter nenhuma razão aparente? Veja agora como a  dieta anticortisol pode te ajudar!

Afinal, o que é Cortisol?

Você faz de tudo, tenta inúmeras dietas, exercícios e aquilo que parecia que teria algum resultado, no fim das contas, acaba em frustração, e os quilos que deveriam ir embora, parece ter se instalado pra ficar de vez e você não sabe mais o que fazer. Acredite, você não é a única! Neste artigo você vai aprender como a dieta anticortisol pode melhorar sua vida!

Dieta Anticortisol!

Veja Como Emagrecer Com a Dieta Anticortisol!

O estress pode ser considerado um dos maiores causadores da epidemia de obesidade que vivemos no mundo atualmente. Qualquer evento que altere o estado de tranquilidade de um indivíduo, desde os mais  simples como acordar com despertador, enfrentar o trânsito nas grandes cidades, a pressão no trabalho, o uso de aparelhos eletrônicos que geram sensação de ansiedade, etc. Até mesmo assistir ao jornal na televisão, com todas aquelas notícias é capaz de gerar estresse para algumas pessoas. Diante disso, podemos imaginar que estamos estressados o dia todo! #Socorro!! rsrs

Como o Cortisol Atua no Seu Corpo?

Quando uma pessoa vive uma situação de estresse gera uma resposta metabólica primitiva de defesa e proteção, assim como no tempo das cavernas mesmo, quando o homo sapiens estava sob ameaça de ataque ou com a vida em risco. É incrível mas nosso corpo trabalha da mesma forma até hoje!

Claro que, as razões para esse estado de alerta são as mais variadas possíveis hoje. Bioquimicamente, quando uma pessoa se sente ameaçada, o corpo libera um hormônio chamado cortisol, que é o grande personagem de todo esse processo.

Quando liberado, o cortisol faz com que o corpo libere adrenalina e insulina. A adrenalina libera glicose na corrente sanguínea rapidamente para que o corpo tenha energia para contrair músculos, correr ou para entrar numa luta corporal! Esse hormônio nos transforma em pessoas capazes de se defender pelo instinto de sobrevivência!

Pra isso, a insulina faz com que a glicose entre mais rápido na célula para termos mais energia, aumentando a eficácia do trabalho da adrenalina. Quando isso acontece, várias vezes ao dia, uma pessoa começa a sentir mais vontade de comer elementos ricos em açúcar e carboidratos simples, como pães, bolos e massas, porque a insulina está circulando no sangue e o sistema nervoso central entende que o corpo precisa de mais energia atuando em áreas da fome no cérebro.

Compulsão Alimentar

Compulsão Alimentar

Agora, imagine isso, todos os dias, durante anos. O excesso de comida aumenta e a barriga, amiga, também! E, sem que você entenda a razão, a sua calça começa a ficar apertada na cintura, as roupas deixam de caber como antes, e você, já não sabe o que fazer para emagrecer e perder aquele pneuzinho. Por vezes, isso também pode gerar estresse, ocasionando um ciclo sem fim.

Como se já não fosse o bastante, todo essa tensão, aumentam o desejo de comer mais e compulsivamente, principalmente doces, como chocolates, por exemplo. Ai você já viu né, quanto mais estresse:

  • mais cortisol
  • maior a vontade de comer doce
  • maior a circunferência abdominal!

Mas, como resolver essa situação se vivemos expostos ao estresse diariamente?

Como Fazer a Dieta Anticortisol

Se você percebeu que seu aumento de peso pode estar ligado ao estresse, veja agora como você pode aumentar a sensação de prazer em sua vida, e diminuir os níveis de cortisol com a dieta anticortisol!

Consuma mais alimentos ricos em fenilalanina

A fenilalanina é um aminoácido que tem como uma de suas funções ser precursora da dopamina. Alguns alimentos ricos neste aminoácido são: frango, ovos, arroz integral, brócolis, abóbora, couve manteiga, agrião e alcachofra.

Diminua o consumo de alimentos ricos em cafeína

Algumas bebidas e alimentos que possuem a cafeína como café, chá mate, chá preto, chá branco, chá verde, refrigerantes a base de cola e chocolate devem ser evitados já que a substância é estimulante e então faz que com os níveis de cortisol aumentem.

Alimentos ricos em vitamina B5

A vitamina B5 é um nutriente cofator para a produção de serotonina, que aumentam a sensação de bem-estar e diminui a produção do cortisol. Alguns alimentos ricos neste nutriente são: damasco, amêndoa, leite, salmão, gérmen de trigo e farinha de aveia.

Diminua o consumo de alimentos ricos em potássio

O potássio pode piorar um efeito colateral do excesso de cortisol, diminuindo a capacidade de absorção de sódio, que já é comprometida quando os níveis de cortisol estão desregulados. Essa substancia é encontrada em alimentos como a banana, melão, kiwi, maracujá e água de coco.

Comer de três em três horas

Quando você fica em jejum prolongado, isso funciona como um evento de estresse para o organismo ocasionando o aumento do cortisol. Comento em pequenos intervalos, fará com que você se alimente moderadamente, em vez de exagerar por conta de uma vontade de comer tudo que vê pela frente, com uma fome de leão! rsrs

Veja Agora Como Fazer a Dieta AntiCortisol ( vídeo)

Se Você Gostou Deste Artigo, Veja Também:

5 Passos Da Dieta Anticortisol
5 (100%) 1 vote

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.