Saúde e Bem-Estar

Dor de Cabeça Após Exercício Físico

Dor de cabeça não dá em poste!

Atividade física em pleno vapor e eis que surge o inesperado: uma dor de cabeça que te faz parar. Aprenda a respeitar seu corpo e quando ele ‘falar’ mais alto, acate.

Toda atividade física feita de maneira correta traz saúde e qualidade de vida. Afasta o sedentarismo, aumenta a massa muscular (magra) e elimina a massa gorda (emagrecimento).

Durante toda atividade física, seja uma caminhada mais intensa com trotes (pequenas corridas) ou treinos mais avançados como a musculação, há uma dilatação dos vasos sanguíneos devido à pressão causada pelo esforço, principalmente no cérebro.

Mesmo que a prática de exercício seja um hábito em sua vida, é importante estar atento a qualquer dor ou desconforto que possa surgir. Pode ser um músculo mal trabalhado, uma lesão interna ou, ainda, algo grave que carece do olhar médico.

O Porquê da Dor de Cabeça Após Exercício Físico

Dor de Cabeça Após Exercício Físico

Você Tem Dor de Cabeça Após Exercício Físico?

A parte líquida do sangue (plasma) é composta na maior parte por água e o organismo em treinamento também precisa de água. Caso não seja ingerida a quantidade necessária de água, a desidratação irá gerar dor de cabeça após exercício físico.

Alguns exercícios causam aumento da pressão intracranial, que é transmitida pela veia jugular e acaba por favorecer a dor de cabeça. O corpo libera adrenalina e acelera os batimentos cardíacos.

Respiração acelera e caso você seja uma pessoa propensa a dor de cabeça, qualquer mudança brusca no corpo será comprometedora. A dor de cabeça vem com tudo.

Previna Dor de Cabeça Após Exercícios Físicos

Movimentos simples como girar a cabeça devagar, massagear ombros e pescoço antes de qualquer atividade física  ajuda a diminuir a tensão local e prevenir a dor de cabeça.

Tratamento médico adequado, complementado com hábitos saudáveis na alimentação, previne a enxaqueca. A tendência será diminuir essas dores desencadeadas após exercícios.

Dores de cabeça durante ou após os exercícios físicos, podem significar algum problema que precisa ser detectado por um médico. Não caia na besteira de se automedicar com anti-inflamatórios, analgésicos e relaxantes musculares que causam problemas cardíacos.

Enxaqueca Desencadeia Dor de Cabeça Após Exercício Físico

Quem já possui enxaqueca terá mais chance de sentir dor de cabeça antes, durante e, principalmente, após os treinos.

Atividades prazerosas como natação, pedalada de bicicleta, jogo de tênis ou uma partida de futebol poderão resultar numa profunda dor de cabeça e interromper todas as atividades para o resto do dia.

Uma boa noite de sono, uma refeição leve antes de qualquer atividade física para evitar a hipoglicemia, mais hidratação permanente, evitar o consumo de bebidas alcoólicas e fumo antes ou durante as atividades físicas são atitudes necessárias, para evitar a dor de cabeça após o exercício físico.

Obesidade Complica o Quadro de Dor de Cabeça Após Exercício Físico

Muitas pessoas que se encontram em sobrepeso ou até mesmo obesas e algumas com IMC normal, acham que a ‘gordura’ em excesso do seu organismo vai se transformar de imediato em fonte de energia, para que ela possa fazer o exercício.

Só que o processo de queima calórica não acontece exatamente assim, pois o organismo precisa de carboidrato que retira das refeições principalmente a primeira, o café da manhã, para se transformar em energia. Caso isso não ocorra, haverá uma sobrecarga em todo organismo.

Nesse caso, a dor de cabeça gerada principalmente após a prática de atividade física é ocasionada pela hipoglicemia que faz abaixar o nível de açúcar no sangue, que é muito comum ocorrer quando a sua alimentação é precária antes dos exercícios. Pode ser perigoso ou até fatal em pessoas diabéticas.

Quando a dor de Cabeça Após Exercício Deve Ser Olhada Como uma Patologia?

Dor de Cabeça Após Exercício Físico

Esse incômodo pode estar associado a vários fatores ligados àquela atividade física. Descobrir as causas do problema é fundamental para buscar ajuda profissional.

Algumas doenças como hipertensão, hipotensão, sinusite, aneurismas, meningites são comuns o aparecimento de dor de cabeça, durante e após o procedimento.

Geralmente os portadores dessas doenças e outras que podem também desencadear dores de cabeças são acompanhadas pelo médico, com exercícios específicos para evitar sobrecarga no organismo.

São comuns desidratação, respiração incorreta ou contração muscular intensa que pressiona os vasos e com isso bloqueia o fluxo de sangue para o cérebro (hipertensão arterial) e hipoglicemia.

O sono deve ser respeitado também ( nem a mais e nem a menos ) do que você está acostumado. Isso poderá gerar dor de cabeça.

Já as mulheres passam pelo período da TPM ( oscilação hormonal )que sempre é um momento crítico para as cefaléias ( nome técnico da dor de cabeça) e mudança brusca de temperatura.

Todos esses sintomas apresentados são considerados cefaléias primárias que são benignas. Desaparecem com as alterações de hábitos.

Existem dores de cabeça que são provenientes de alguma patologia, desde infecções como sinusite e meningite, trombose venosa e depressão. Em todos esses casos há que se ter tratamento médico.

E quando você estiver fazendo o exercício e sentir uma forte dor, o correto é suspender imediatamente a atividade. Não insista! Cuidado para não quebrar a cara e se surpreender com um mal súbito.

Não mascare a dor tomando analgésicos além da dependência que o próprio remédio irá criar em você.

Toda e qualquer dor de cabeça deve ser diagnosticada e tratada pelo médico.

Técnica Natural Para Aliviar a Dor de Cabeça Após Exercício Físico (Vídeo)

Gostou do artigo? Leia também:

Dor de Cabeça Após Exercício Físico
Avalie este post

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.